Ano Santo: condições para receber a indulgência

Pe Claudio Ambrozio, CS

Ao longo da história da Igreja existiram muitos jubileus, promulgados por vários sucessores de Pedro. O Papa Francisco, na bula "Misericodiae Vultus" estabeleceu a celebração de um Ano Santo da Misericórdia que teve início no dia 8 de dezembro de 2015.

"O primeiro e único passo necessário para experimentar a misericórdia", afirma o papa, "é reconhecer que necessitamos de misericórdia. Se nos consideramos justos, não conheceremos o coração do Senhor e nunca teremos a alegria de sentir esta misericórdia."

Esta frase já nos indica o caminho, as condições para indulgência plenária. No dia de São José, faremos todas estas práticas de forma comunitária.

1. A CONFISSÃO SACRAMENTAL – sacramento no qual reconhecemos nossos pecados, os confessamos ao sacerdote, nos arrependemos e pedimos perdão.

2. ENTRAR PELA PORTA SANTA - enquanto o átrio da Igreja é o espaço indicativo de acolhida maternal, a porta representa Cristo que se declarou: "Porta do Rebanho" (cf jo.10, 7)

3.  PROCISSÃO - A índole da procissão é a de uma peregrinação, sinal peculiar do Ano Santo, enquanto ícone do caminho que cada pessoa realiza na sua existência. Ela evoca o fato de que também a misericórdia é uma meta a alcançar e que exige empenho e sacrifício.

4. REZAR – 7 vezes as orações do Pai Nosso, Ave Maria e Glória.

5. OBRAS DE MISERICÓRDIA - O papa recomenda também com insistência a prática das obras de misericórdia.

PARÓQUIA SÃO JOSÉ E SANTA FELICIDADE

Missionários Scalabrinianos - Arquidiocese de Curitiba

 

Telefone/WhatsApp: 41 3372 1417

paroquiasantafelicidade@mitradecuritiba.org.br

Av. Manoel Ribas, 6252 - Santa Felicidade, Curitiba, PR

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey YouTube Icon

© 2020 Paróquia São José e Santa Felicidade - Todos os direitos reservados

Desenvolvido pela Pastoral da Comunicação