Santa Felicidade recebeu Seminário de Patrimônio Cultural


O Seminário Patrimônio Cultural – 140 Anos da Imigração Italiana em Santa Felicidade, realizado na Igreja Matriz, foi um sucesso e despertou o interesse de vários setores da comunidade, como os estudantes, representantes do patrimônio histórico e artístico, moradores do Bairro e de toda a cidade. Os palestrantes Rodrigo Silva e Moisés Stival, falaram sobre a proteção do patrimônio cultural, material e imaterial para o desenvolvimento do ser humano e construção uma nação cidadã e de respeito aos antepassados. Eles citaram os exemplos do Bairro de Santa Felicidade, que vem conseguindo, com muitos esforços e iniciativas lideranças locais, preservar a história da imigração italiana, através da arquitetura antiga, da manutenção da culinária, dos hábitos, costumes e objetos das famílias que construíram a Colônia. O Seminário também teve a palestra do Padre Cláudio Ambrozio, que falou sobre a restauração da Igreja Matriz São José e Santa Felicidade, que está em andamento, desde o ano passado, e é um dos prédios mais importantes na história da imigração italiana, inaugurado em 1891, através do empenho, esforço e da dedicação das famílias, que chegaram da região do Vêneto, na Itália, para construir uma vida nova no Brasil.

O Seminário foi organizado pela ADPPCC – Associação dos Detentores Particulares do Patrimônio Cultural de Curitiba, através dos diretores, Paulo Cezar Pereira, Darliza Slompo Lugarini, Dagoberto Slompo e Fábio Chedid Silvestri, como parte da programação dos 140 anos da Imigração Italiana em Santa Felicidade e recebeu apoio de emendas parlamentares das vereadoras Maria Manfron e Julieta Reis, e também de Ana Castro, presidente da Fundação Cultural de Curitiba e de Simone das Chagas Lima, Administradora Regional de Santa Felicidade.

Repassar essa memória histórica às atuais gerações é fundamental e não basta armazenar bens culturais nos arquivos e museus, é importante discutir, debater com a sociedade, falar sobre a preservação, mostrar o que já existe, o que está sendo mantido e ampliar esse patrimônio que é de todos. E foi com esses objetivos que nasceu a ADPPCC – Associação dos Detentores Particulares do Patrimônio Cultural de Curitiba, uma das organizadoras do Seminário, criada em 2015. A entidade participou das audiências públicas e discussões da nova Lei Municipal do Patrimônio Cultural e tem dois conselheiros, eleitos pelas associações de moradores, no Conselho Municipal do Patrimônio Cultural de Curitiba. A Associação tem lutado em favor da preservação da memória dos imigrantes, do tombamento de prédios históricos, de incentivos aos proprietários para a manutenção e restauração dos patrimônios culturais da cidade de Curitiba.

Eliane Bernardo - Lito Comunicação


PARÓQUIA SÃO JOSÉ E SANTA FELICIDADE

Missionários Scalabrinianos - Arquidiocese de Curitiba

 

Telefone/WhatsApp: 41 3372 1417

paroquiasantafelicidade@mitradecuritiba.org.br

Av. Manoel Ribas, 6252 - Santa Felicidade, Curitiba, PR

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey YouTube Icon

© 2020 Paróquia São José e Santa Felicidade - Todos os direitos reservados

Desenvolvido pela Pastoral da Comunicação