Vocação à Vida Religiosa


É uma prática da Igreja no Brasil dedicar o mês de agosto para refletirmos sobre as vocações. Importante lembrar, primeiramente, que todos fomos chamados à vida, porque Deus, na sua bondade e amor infinitos, nos amou e nos quis seres viventes para amá-Lo e sermos felizes.

Pela graça do Batismo todos nós fomos chamados ao seguimento de Jesus e ao serviço dos irmãos. E, assim, cada um de nós é chamado a fazer escolhas, a partir do que o Senhor nos diz ao coração: Vida Matrimonial, Sacerdotal, Religiosa Consagrada, ou Leigo Missionário...

Como não é fácil dar explicações de como apenas dois simples olhares, num rápido e casual encontro, pode levar dois jovens corações a se desejarem e a quererem construir a vida juntos; também não é tão simples partilhar como se deu ou se dá o chamado à Vida Religiosa Consagrada.

A letra de um canto de Ir. Miria Kolling, (in memória), pode ajudar a entender bem a nossa história:

“Quando comecei andar teus passos, eu jamais imaginava seguir por tais caminhos. Aos poucos nosso amor criou seus laços, seduziste-me, Senhor, me encheste de carinho.

A vida dentro em mim ganhou sentido, vazio foi preenchido por teu profundo amor.

E aos poucos, o meu ser tu modelaste, tua vontade me mostraste, fizeste-me feliz...”

Não é assim só com a Vocação, a Vida também é assim: você propõe, Deus dispõe. À medida que você vive, com as experiências que você faz, você vai compreendendo o sonho de Deus a teu respeito, e o que Ele pensou poder realizar contando com a tua disponibilidade. E não é assim somente conosco. Os apóstolos também foram fazendo caminho com Jesus e, aos poucos, muito lentamente, foram descobrindo e compreendendo o que Ele esperava deles.

Eles não sabiam o que os esperava, mas tinham uma única certeza: continuar a missão de Jesus. Nós também escolhemos consagrar nossas vidas ao Senhor, seguindo-o como religiosas consagradas ao seu amor, à sua glória, e ao serviço dos irmãos mais necessitados; mas não sabemos por onde nos levará a vontade de Deus. Sabemos somente que Ele nos escolheu, e que nós O escolhemos por toda a nossa vida.

Somos felizes em seguir o Senhor como Apóstolas do Coração de Jesus, nos passos da Bem-aventurada Clélia Merloni. Com alegria cantamos, renovando nossa entrega:

“Sois Senhor da minha vida, eu afirmo. Só em Vós minha alma encontra seu repouso. Vós, Senhor, sois minha parte na herança. Meu destino está seguro em vossas mãos. Eis que entrego minha vida novamente, para agora neste altar me consagrar. Fostes vós que começastes esta obra, vossa mão sei que irá completar”.

Neste ano nosso Instituto está vivendo o Ano Vocacional Cleliano, com o lema: “Mostra-me, Senhor, os teus Caminhos”. Convidamos você, que está lendo este artigo, a rezar conosco, pedindo ao Senhor mais vocações para a missão de Jesus na Igreja e em nossas Congregações Religiosas.


PARÓQUIA SÃO JOSÉ E SANTA FELICIDADE

Missionários Scalabrinianos - Arquidiocese de Curitiba

 

Telefone/WhatsApp: 41 3372 1417

paroquiasantafelicidade@mitradecuritiba.org.br

Av. Manoel Ribas, 6252 - Santa Felicidade, Curitiba, PR

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey YouTube Icon

© 2020 Paróquia São José e Santa Felicidade - Todos os direitos reservados

Desenvolvido pela Pastoral da Comunicação