Equipe do IPHAN conhece trabalho de Restauração da Igreja de Santa Felicidade


Uma equipe técnica do Iphan – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, da superintendência do Paraná, visitou a Igreja Matriz da Paróquia São José e Santa Felicidade. O objetivo principal foi conhecer detalhes do projeto, e também das obras de restauro arquitetônico e artístico que estão sendo realizadas no local.

O grupo foi recebido pelo Padre Claudio Ambrozio, Pároco de Santa Felicidade; José Carlos Casagrande, do Caep; Tobias Bonk Machado, Arquiteto da Creatos Arquitetura e Gilberto Benvenutti, artista plástico e restaurador, da Gaya Restauro.

Na ocasião, eles ouviram relatos de como está sendo o processo que começou há dois anos, e também sobre o envolvimento da comunidade. “Tanto a comissão, quanto a comunidade, estão acompanhando os trabalhos diariamente. Esse envolvimento todo é muito bom”, salientou o Padre Claudio. Ele falou também das reuniões que são realizadas todas as segundas-feiras, que são importantes para esses alinhamentos, e foi justamente numa segunda que a equipe recebeu o Iphan.

“O nosso principal objetivo, com essa visita, foi conhecer como está sendo feito o restauro desse importante monumento da imigração italiana, não só de Curitiba, mas também do Paraná. Foi muito bom ouvir detalhes de como foi concebido o projeto arquitetônico, as peculiaridades encontradas, e visitar a obra como um todo. Na parte das pinturas artísticas, ficamos muito felizes com o que vimos. Os trabalhos estão sendo muito bem conduzidos, com critério e bom embasamento teórico”, afirmou Moisés Stival, Arquiteto da Divisão Técnica do Instituto.

Além de trabalhar no Iphan, Moisés é morador de Santa Felicidade, e tem uma ligação toda especial com a Igreja. “Como integrante da comunidade, sei que esse templo representa a história dos meus antepassados. Meus bisavós, meus trisavós, com certeza contribuíram com essa construção. É fantástico ver a história familiar sendo preservada. Como membro do Iphan, posso dizer que o caminho adotado por Santa Felicidade, para a realização dessa obra, pode servir de exemplo para muitas outras”, fala o Arquiteto.

A chefe da divisão técnica do Iphan, Anna Finger, também destacou a importância da participação e da iniciativa da comunidade. “Estou muito bem impressionada com o que vi aqui. O respeito pelo monumento, a Igreja aberta e com as atividades normais durante o processo de restauro, e o capricho dos trabalhos. Afinal, o patrimônio é das pessoas, é a herança de cada grupo, que guarda suas referências, e a preservação é fundamental para a memória desses grupos, desses povos que formam o nosso país hoje”, afirma.

Participaram também da reunião, por parte do Iphan, Renata Domingues, arquiteta; Chrytian Mendes, engenheiro civil, e Fernanda Ce, estagiária.

A Igreja São José e Santa Felicidade é um importante patrimônio religioso, histórico, artístico e cultural, não apenas de Curitiba, mas também do Brasil.

Inaugurada em 1891, (três anos após o início da construção), ela está localizada em ponto estratégico do bairro mais italiano da capital paranaense.

As pinturas internas, que estão sendo restauradas, são de autoria do artista Paulo Kohl, e foram executadas em 1935.

O projeto arquitetônico, da Creatos Arquitetura, começou em 2017, e o projeto de restauro artístico, que teve início em 2019, é da Gaya Restauro.


PARÓQUIA SÃO JOSÉ E SANTA FELICIDADE

Missionários Scalabrinianos - Arquidiocese de Curitiba

 

Telefone/WhatsApp: 41 3372 1417

paroquiasantafelicidade@mitradecuritiba.org.br

Av. Manoel Ribas, 6252 - Santa Felicidade, Curitiba, PR

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey YouTube Icon

© 2020 Paróquia São José e Santa Felicidade - Todos os direitos reservados

Desenvolvido pela Pastoral da Comunicação